Diretora DRS3 sugere restringir circulação de pessoas em toda a região

Diretora DRS3 sugere restringir circulação de pessoas em toda a região

Reunião realizada na manhã desta quinta-feira (26), entre prefeitos da região central e representantes do Governo do Estado, concluiu que a situação da ocupação de leitos em toda a região é dramática.

Durante o encontro, que se realizou de forma virtual, Sônia Regina Souza Silva, diretora do Departamento Regional de Saúde (DRS 3) apresentou um panorama dos leitos hospitalares para Covid-19.

Com a dificuldade de encontrar vagas para internação, outras regiões estão sendo acionadas. Sônia pediu para que todos os prefeitos restrinjam a circulação de pessoas para frear o ritmo de contaminação.

Araraquara segue em lockdown, com os serviços de alimentação essenciais operando em delivery. A determinação é para que somente deve sair quem tiver uma urgência ou for trabalhar em um dos serviços permitidos.

De acordo com o novo decreto baixado na última terça-feira, os açougues, quitandas e mercearias também estão autorizados a trabalharem através do modelo delivery, mas o comércio precisa ficar de portas fechadas.

O texto autorizou ainda o funcionamento do setor de distribuição de gás de cozinha e água, seguindo as mesmas regras de restrições. O setor bancário também voltou a funcionar, mas somente no atendimento eletrônico, com um funcionário na porta com álcool gel e termômetro, e com restrições de 30% do número de pessoas em seu interior.

Abastecimento em postos de combustíveis também está autorizado das 8h às 18h, mas exclusivamente aos trabalhadores ou prestadores de serviço de atividades permitidas no Decreto.

Além de Sônia e dos prefeitos, participaram da reunião desta manhã, Edna Martins e Fernando Medeiros, representando a Secretaria de Desenvolvimento Regional do Governo do Estado, e Paulo Albano, da Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social.