Justiça autoriza sindicato de Campinas a comprar vacina contra Covid-19. E Araraquara?

Justiça autoriza sindicato de Campinas a comprar vacina contra Covid-19. E Araraquara?

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (RF-3) autorizou o Sindicato dos Empregados no Comércio de Campinas a importar 500 mil doses de vacinas contra a Covid-19 para imunização dos comerciários e seus familiares. O caso, porém, cabe recurso.

A decisão, do desembargador do TRF-3 Johonsom Di Salvo, permite que a entidade importe até 500 mil doses de vacinas. Excedente seria repassado ao SUS

A informação é da Folha de São Paulo, e segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, as doses seriam utilizadas na imunização de 80 mil pessoas.

“Vacinar um grupo expressivo de pessoas (80 mil, mais seus parentes) não vai significar que os vacinados irão “furar filas”, mas vai permitir que aos grupos já instituídos outros sejam agregados, diminuindo – ainda que por poucos dias – o cronograma de vacinação que, por ser o Brasil uma nação de 213 milhões de habitantes e extensão territorial de 8.514.876 km2, naturalmente será demorado”, disse o desembargador do TRF-3 Johonsom Di Salvo na decisão.

Renato Bertani, diretor de relações institucionais do sindicato, declarou à imprensa que a entidade ainda não negociou a compra de vacinas com nenhum fabricante. “Vamos começar a fazer isso hoje mesmo. Tínhamos uma preferência de adquirir as vacinas da Janssen, que precisam de apenas uma dose, mas eles já afirmaram que não venderão para particulares”, disse ele.

A Prefeitura de Araraquara integra o consórcio de municípios que pretende comprar a vacina russa, mas não se tem notícias de alguma iniciativa por parte de empresas ou entidades locais no mesmo sentido.